AS FÉRIAS DAS CRIANÇAS CHEGARAM!!! CALMA MAMÃE...






As férias  chegaram e nossas crianças estarão mais tempo desocupadas e sem direcionamento.
Vamos pensar um pouco sobre como esse momento pode ser rico, prazeroso e produtivo.
Muitas mães trabalham e muitas também não trabalham, mas todas ficam assustadinhas com o fato de estarmos com as crianças em casa sem rotina.
Costumo escutar “ nossa!! Férias!! E agora!!
Calma mamãe!!
Podemos aproveitar esse período para fazermos coisas gostosas, sem regras estabelecidas e com muita alegria.
Já fizeram pik-nic no tapete da sala? Eles amam!! Pegue uma toalha, abra no chão da sala, prepare ou compre coisinhas gostosas para comer e uma jarra com vários, canudinhos. Fica a dica de não usar copos no chão, tomba e já viu né? Já aconteceu comigo e já fica a sugestão mais segura!
Esse mês de junho e julho tem cara de festa junina, né? Pois é, podemos fazer uma mini festinha junina em casa mesmo. Com pipoca, milho cozido e quadrilha!! Ai que delícia! Chame  amiguinhos das crianças e a festa está feita.
Vamos escrever um livro?!! Sim! Um livro!! Com histórias vividas ou inventadas pelas nossas crianças, com fotos, recortes e desenhos. Brilha o olhar só de imaginar! E depois a festinha para a noite de autógrafos!! 
Essas coisas podem ser feitas a tarde ou no final da tarde, para as mãe que trabalham.
Vamos cuidar para que nossas crianças tenham boas e lindas lembranças da infância. É preciso empenho e cuidado para que essas coisas possam acontecer. Não deixemos que a energia gasta no trabalho seja toda usada e não sobre nada para nossos amores lá de casa.
É muito comum, as mães estarem cansadas e vazias quando chegam em casa pois toda a energia foi canalizada no trabalho, mas isso precisa ser redirecionado para nossas crianças também, pois eles precisam da nossa energia vital para a continuidade da vida.
A criança saudável, e quando eu falo saudável, eu quero dizer uma criança que pode viver as etapas da vida de maneira gostosa, harmoniosa e amorosamente. Estarmos em sintonia com a realidade infantil, faz com que naturalmente,sejamos capazes de darmos à elas o que é necessário.
A criança precisa passar pelas etapas decisivas da vida como a Autonomia administrada, a Autonomia Monitorada, a Autonomia restrita ao mínimo que é quando a criança começa a tomar decisões e consegue compreender as conseqüências das atitudes.
Só poderemos trabalhar e desenvolver essas etapas proporcionando as vivências necessárias com esmero e dedicação da nossa parte.

Boa sorte!