Águas que curam em Águas de São Pedro

Foto: Turismo Águas de São Pedro


22 de março, Dia Mundial da Água. Poderíamos falar do quanto a água é importante para o nosso organismo e/ou vital para o equilíbrio do planeta! 

Mas, pensamos em fazer uma abordagem diferente, ao mesmo tempo em que falar de algo tão próximo de nós, piracicabanos: escolhemos falar das “águas que curam” em Águas de São Pedro! 

Embora a maioria de nós conheça Águas de São Pedro especialmente pela proximidade com a nossa cidade, muitas vezes não damos o devido valor a essa estância que atrai constantemente turistas de vários lugares do Brasil! 

Um dos grandes atrativos da estância são as fontes de águas mineromedicinais que são, inclusive, os pilares de descobrimento desse cantinho mágico do interior de São Paulo. Tudo começou no início do século passado, quando perfuraram o solo do que viria a ser Águas de São Pedro, com a intenção de descobrir petróleo. Foi então que, no lugar, encontraram diferentes fontes, com propriedades mineromedicinais específicas. As águas tornaram-se, então, o maior tesouro da estância! 

Na estância é possível encontrar três tipos de águas vindas de três fontes: 

– JUVENTUDE (Água Sulfurosa): é indicada para o tratamento de reumatismo, diabete, alergia, asma, colites, moléstias de pele, intoxicação e inflamação. Deve-se tomar de 50ml a 80ml. É usada também para banho de imersão. 

-GIOCONDA (Água Sulfatada Sódica Radioativa): é indicada para tratamento de fígado, vesícula biliar e intestinos. Deve-se tomar de 50ml a 80ml 1h antes das refeições. 

-ALMEIDA SALLES (Água Bicarbonata Sódica): é indicada para o tratamento de azia, excesso de acidez gástrica, diabete, cálculos renais. Deve-se tomar de 50ml a 80ml, após as refeições. 

Achamos muito bacana compartilharmos essas informações aproveitando o contexto deste Dia Mundial da Água, porque muita gente vai a Águas de São Pedro para comer e/ou passear, mas acaba nem passando para conhecer o Fontanário Municipal. E vale muito a pena! O local é decorado com uma fonte com três torneiras representando os tipos de águas mineromedicinais (possuem propriedades terapêuticas em sua composição físico-química) que há em Águas de São Pedro. O ambiente ainda é calmo, ótimo para relaxar ao som da água caindo da fonte e muito bonito para tirar fotos. 


Fica a dica para um passeio gostoso e interessante para se fazer com as crianças! Com certeza elas vão ficar encantadas em saber que existem “águas que curam”!