Dia do Trabalho?! Mãe não tem férias, nem feriado!




1º de maio é, para a maioria das pessoas, um merecido dia de descanso, no qual se celebra todo o esforço e a dedicação do dia a dia de trabalho. Merecido!

Mas, aqui no blog, nossa homenagem é exatamente para as muitas mães que “não trabalham”, mas, sim, se dedicam 24 horas por dia aos cuidados com seus filhos. Afinal, poucas profissões são tão desafiadoras e valiosas como esta, né?

Para estas mães, este feriado não é assim “tão diferente”... Elas provavelmente não descansarão... Afinal, a “profissão mãe” não prevê férias e nem feriados!

Então, com o intuito de fazer uma pequena homenagem, através de uma brincadeira leve – sem, é claro, deixar de ter caráter sério, de conscientização –, perguntamos a algumas mães “o que elas fazem já que não trabalham”... Confira os depoimentos e se surpreenda!

Qual é a sua rotina já que você não trabalha? 


“Já que ‘eu não trabalho’, vou contar um pouquinho da minha rotina: Acordo. Faço café da manhã. Coloco roupa para lavar. Lavo a louça do café da manhã. Arrumo a casa. Se minha filha tiver inglês ou natação, então a arrumação da casa fica para o período da tarde. Preparo o almoço. Dou comida para a Isabela. Troco ela e levo para a escola. Vou para o mercado fazer compras. Se tiver que passar em banco ou em algum outro lugar já aproveito e faço também. Volto para casa, termino de arrumar o que tenho que arrumar. Faço a janta ou pelo menos já deixo ela bem adiantada, pois criança com fome é difícil de controlar, sendo assim prefiro deixar tudo pronto para a hora que ela chegar! O tempo passa tão rápido que quando vejo já está na hora de buscar minha princesa na escola! Pego ela... Ahh, e se for dia de balé, levo para o balé; se não for, volto para casa. Dou banho. Termino de preparar o que falta do jantar. Dou comida para ela. Arrumo a cozinha. Preparo ela pra dormir (dou leite, escovo dente, levo pra fazer xixi)... Quando olho no relógio, que horas são?! Hora de dormir, pois amanhã ‘não tenho que trabalhar de novo’! A rotina de uma mãe é uma rotina bem puxada, mas pela Isabela faço tudo isso com muito amor e carinho!” (Marcela Silveira Bonora, tenho 28 anos, mãe da Isabela Bonora Mazza de 4 anos) 





“A minha rotina começa quando acordo e nem sempre termina quando vou dormir (risos). Não temos feriado, finais de semana. Cada ciclo é um novo desafio. O meu salário? É a recompensa da dedicação e da presença constante na vida da minha filha!” (Viviane P. Colognesi Baldini, 35 anos, mãe da Isadora P. Colognesi Baldini de 1 ano e 7 meses) 






“Meu dia começa cedo, porque acordo junto com meu marido por volta das 6h/6h30, preparo o café da manhã dele para ele ir trabalhar. Depois que ele sai, começo a cuidar da casa, lavar roupas, guardar bagunças do Lorenzo que tem 4 anos. Começo a fazer o almoço geralmente antes dele acordar!! A hora que ele acorda cuido dele, às vezes ficamos só assistindo os desenhos preferidos, às vezes sentamos para brincar. Por volta das 11 horas, dou almoço para ele, banho e levo para a escola. No período da tarde, faço as coisas na rua, supermercado, varejão, banco, e corro atrás das coisas para meu marido quando necessário... Entre tudo isso, 3 vezes por semana arrumo um hora para cuidar de mim e vou na academia – que, por sinal, é a única hora totalmente minha. No fim da tarde, busco o Lorenzo na escola e voltamos para casa... Aí sim começa uma tarefa difícil, fazer com que ele não durma antes do horário certo.. Então chegamos em casa, dou janta e descemos para brincar, ficamos lá por volta de 1 hora e meia e vamos embora.... Daí enfim vem banho, coloco ele na cama e antes lemos um livro, rezamos e ele adormece! Depois, ajudo meu marido com a janta dele e cuido da louça, e só depois eu tomo banho e vou para cama, sempre por volta das 23 horas! Acho que isso resume os meus dias ‘de não fazer nada o dia todo’ (rsrsrs)!” ( Luciane Leomil Salviano, 36 anos, mãe do Lorenzo Salviano Moschini da Silva de 4 anos)