O que significa, para mim, a palavra "irmão"

Por Alessandra Netti

Irmãos unidos criam filhos unidos! Essa é a melhor parte da vida!


Hoje, 5 de setembro, é dia do irmão!!

Que delicia escrever sobre esse tema!! Adoro pensar na origem das palavras e por que será que escolheram essa ou aquela palavra. Desde criança sou assim e ria muito com meus irmãos quando falávamos sobre isso. Por que nariz não se chama pé?? E pé não se chama bochecha? E assim vai.

Pra mim, a palavra irmão é a junção das palavras “ir + mão”, ir de mãos dadas pela nossa história.

Bem assim que a gente faz quando é criança não é mesmo?

Quando a mãe fala “vão de mãos dadas”. E assim a gente aprende a estar junto e, quando andamos de mãos dadas quando criança, passamos a andar de corações entrelaçados depois que crescemos.

As mãos não estão mais próximas e unidas, mas simbolicamente continuamos caminhando juntos mesmo que distantes.

Uma vez li uma frase do Winiccott: “O melhor presente que podemos dar aos nossos filhos é um irmão.”

Linda representação do que é o amor entre irmãos. Luisa e Lucas, filhos da Carla.

Mesmo quando na nossa história de vida não houveram irmãos biológicos, a vida se encarrega de nos presentar com pessoas maravilhosas que passam a ser irmãos de coração. Como a adoção sabe?! Amamos da mesma maneira.

E mesmo quando temos irmãos e irmãs, ainda assim acabamos adotando pessoas maravilhosas que farão parte dessa trajetória fraterna.

O irmão é aquele que você ama, sem ter uma explicação lógica. Uma aprendizagem diária e gostosa mesmo tendo desavenças nesse percurso.

O irmão é a extensão da sua história, olhar juntos para os pais e reconhecer o que cada um herdou deles. Existem relações fraternas mais intensas e outras nem tanto; mas todos têm circunstâncias a partilhar.

Karl Köng escreveu um livro sobre irmãos e ele fala a respeito da posição dos irmãos na estrutura familiar:

O primogênito vai em busca de conquistar o mundo.

O segundo filho procura viver em harmonia com o mundo.

O terceiro filho é inclinado a esquivar-se do encontro direto com o mundo e busca novos padrões de existência.

O quarto, quinto...repetem tendências básicas de um primeiro, segundo ou terceiro irmão.

Nada nessa vida é tão exato assim, mas achei muito interessante, e para muitas famílias encaixa bastante. Mas a grande verdade é que cada um tem uma função especial nas nossas vidas!!

Carla e sua irmã, Roberta.
Um brinde aos nossos melhores presentes!! Nossos Irmãos e irmãs!!

Luisa e Lucas, sempre juntos!